top of page
  • Nômade

Reestruturação organizacional e data driven: reinventando processos em um contexto de dados

Atualizado: 25 de ago. de 2022



O mercado está sempre em transformação e as empresas precisam se reinventar de acordo com as tendências da atualidade. Rever as práticas e avaliar criticamente a maneira de realizar as suas operações é muito importante para conseguir inovar. Nesse contexto, uma das principais necessidades é o gerenciamento das tarefas e dos fluxos de informação, e isso pode ser feito usando o design thinking como ponto de partida.


O design organizacional pode ser entendido enquanto um processo para modelar a forma como a empresa está estruturada e estabelece seu funcionamento. Ele envolve um olhar amplo e sistêmico na interação de diferentes aspectos. Dessa maneira, é possível realizar esforços de reestruturação organizacional de processos e fluxos de operação, baseando as ações no conceito de data driven.


Reestruturação Organizacional Data Driven


A intenção de reestruturar a organização para buscar uma melhor eficiência operacional (mapear as tarefas e os fluxos de informação), pode utilizar como embasamento o conceito data driven, que consiste na gestão orientada de dados para consolidá-los e utilizá-los na tomada de decisões.

Um projeto com esse objetivo pode ser realizado no seguinte formato, dividido em 3 camadas:


1 - Avaliação da Complexidade das Tarefas


Um ponto crítico de perda ou ganho de performance é quando a distribuição de tarefas em cada posição não acompanha a capacidade de gerenciamento e execução. Por isso, precisamos identificar e conhecer os gargalos para trabalhar dinamicamente em cada uma dessas posições.


2 - Mapeamento do Ciclo de Vida das Informações


Inteligência de Dados é um recurso-chave do Design Organizacional. Toda a organização precisa funcionar orientada por dados, mas como saber quais deles são relevantes e quais devem ser descartados? Como organizá-los nesse sentido? Quais são os sistemas utilizados?

A tecnologia atende à funcionalidade nas pontas? O que precisa ser melhorado?

Com todos esses questionamentos, entendemos que o ciclo de vida das informações é um elemento-chave na melhoria da performance entre as funções de um time em uma organização.


3 - Análise da Rede de Conexões


Uma empresa é um organismo vivo e não acontece apenas baseada em suas relações formais. Pelo contrário, onde ela se movimenta é nas conexões espontâneas, dificilmente registradas em organogramas. É importante também identificar as conexões informais para potencializar os fluxos, incluir e segmentar com mais consciência o potencial dessas relações.


Utilizando essas 3 camadas de análise integradas, será possível redesenhar os processos internos dos fluxos de informação e gerenciamento de tarefas, melhorando os seguintes aspectos na estrutura organizacional:

Também é proposto em um projeto de reestruturação organizacional um espaço reservado para observações e ajustes, baseados em feedback, com o objetivo de consolidar os novos rituais criados para sustentar o fluxo de trabalho em direção à inovação. Outra etapa prevista é definição de “Diretrizes, Indicadores e Métricas de Avaliação”, para dar suporte funcional às operações na nova estrutura.



A Nômade possui expertise em projetos voltados tanto para a Inovação de Serviços e Processos, quanto em Business Data Driven. Atuamos em momentos críticos em que as organizações passam por mudanças necessárias para o seu aperfeiçoamento e inovação. Executamos soluções relacionadas com a elaboração de novas perspectivas em serviços, sistemas de produto-serviço ou na reestruturação de processos internos da organização. Também podemos incluir soluções que utilizam a ciência de dados para a tomada de decisão e eficiência da organização. Conheça mais sobre as nossas Estratégias de Branding e Design Thinking.


Sua organização precisa de uma reestruturação interna para inovar?

Entre em contato para conversarmos sobre os seus objetivos!

45 visualizações

Comments


bottom of page