Logo Estúdio Nômade Negócios Vivem

PORTO ALEGRE

R. Vicente da Fontoura, 2352
Santa Cecilia

90640-002

+55 51 99105 1310

SÃO PAULO

Rua Dr. Virgílio de

Carvalho Pinto, 433
Pinheiros
05415-030

Estúdio Nômade (CC.) 2018
Todos os direitos reservados.
  • facebook_nomade
  • instagram_nomade
  • medium_nomade
  • linkedin_nomade
  • vimeo_nomade

Estúdio Nômade na Feira Brasileira do Varejo

18 Jun 2018

 

 

 

A Feira Brasileira do Varejo é um dos mais importantes eventos do setor no cenário brasileiro e, neste ano, fomos convidados a participar por nossos parceiros da Parallax. Durante os dias 28, 29 e 30 de maio, marcamos presença em um estande compartilhado. Além disso, participamos do FBV Talks, um espaço para conversas e discussões sobre assuntos pertinentes ao ramo, no qual discutimos Cultura da Colaboração (Propósito, Processos de Aprendizagem e Gestão do Conhecimento).

 

Dez anos atrás, quando começamos, o cenário do varejo era completamente diferente. Hoje em dia, a disputa não se resume mais a uma simples oferta de produtos e a guerra pelo menor preço - que segue existindo, é claro, mas vencê-la não é mais suficiente. O mercado foi ganhando complexidade, os canais de venda (lojas físicas e virtuais) começaram a se aproximar e a funcionar de forma integrada (omnichannel), e o consumidor foi se conscientizando sobre os produtos adquiridos, aumentando sua exigência sobre toda a “experiência de compra”.

 

O "ato de consumir", consequentemente, tornou-se  uma ação muito mais crítica - até mesmo política. Se deseja consumir de uma instituição que pense de forma semelhante a você - um exemplo bem simples e óbvio: uma empresa que demonstra preconceito racial ou de gênero, perde consideravelmente a aderência de consumidores. A nova Geração Z (nascidos a partir do ano 2000) é ainda mais crítica em relação a posturas que desconsideram questões éticas.

 

Isso caracteriza um grande desafio para todo o setor. O varejo, de maneira geral, é uma área muito dinâmica, na qual as coisas acontecem de forma muito rápida. Essa velocidade é tanta que, às vezes, faz com que o "jeito de fazer negócio" nem sempre olhe para as questões mais profundas. Por exemplo: o propósito dá origem a orientação estratégica, o branding à gestão da marca, então, ao ignorar o propósito, se ignora a orientação estratégica e o branding.

 

O desafio das empresas é adaptar sua filosofia e dinâmica a essa mudança de comportamento do consumidor e, como resultado, do mercado. A Nômade tem experiência nessa busca do propósito, e na transformação disso em estratégia - colaborando com empresas de diferentes áreas e setores, participando  efetivamente desse processo. Foi com isso em mente que participamos da FBV - Feira Brasileira do Varejo.

 

Nosso objetivo era questionar, e nosso espaço se propôs a gerar provocações - logo na entrada do estande perguntávamos “Você tem Propósito no seu Negócio?”. Para isso, levamos alguns conteúdos para gerar diálogo sobre questões que envolvem a construção estratégica de Branding (gestão da marca), por meio da  descoberta do Propósito, como elemento que orienta estrategicamente toda a empresa. Conversamos com os visitantes sobre as mudanças do mercado, novos comportamentos, sociedade e tecnologias, e como isso afeta o negócio e impacta pessoas dentro e fora da organização.

 

Para mediar e estimular as conversas, produzimos dois dispositivos de provocação.  Um deles era um grande painel com um infográfico explicando os pontos-chave da relação Propósito x Estratégia.

 

Nosso estande na Feira Brasileira do Varejo 

 

Também criamos uma pesquisa interativa a partir de cartazes com perguntas relacionadas ao mundo do trabalho. Pedíamos para que as pessoas respondessem: o verde significa “sim”, o amarelo “depende”, e o vermelho é “não”.

Com as respostas, foi possível constatar que a percepção das pessoas que passaram pela FBV possui um alinhamento com algumas das formas que enxergamos o contexto dos negócios hoje, como a importância de estarmos felizes com o trabalho, em se ter uma sintonia de propósitos, dos colaboradores e da empresa, entre outras questões que olham para uma atuação mais relevante. Esta pesquisa que mobilizamos tem conexão direta com um estudo maior que está sendo realizado para mapear como as organizações entendem o sentido de consciência dos seus impactos. Em breve será lançado um material sobre isso, dentro do contexto de comemoração dos nossos 10 anos de atuação enquanto Nômade.

 

O infográfico tinha como objetivo mostrar porque a questão e o conceito de se ter um propósito são tão relevantes para as organizações hoje em dia - além, é claro, de tentar apresentar como é o processo de descoberta.

 

Ele serviu de argumento para o nosso objetivo de chamar atenção dos empresários e varejistas para a importância de buscar consciência do seu Propósito, trabalhando tanto seu Branding (imagem externa da marca), quanto o Employer Branding (imagem interna da marca empregadora). E, assim, posicionar o negócio de maneira mais colaborativa, conquistando maior  relevância, engajamento e diferenciação, ingredientes importantes para prosperar no futuro.

 

Nosso espaço se propôs a gerar provocações, e conseguimos abrir esse diálogo com as pessoas. A disponibilidade de empresários e gestores para encarar um assunto relativamente novo no cenário do varejo nos surpreendeu positivamente. Saímos da Feira Brasileira do Varejo muito satisfeitos e otimistas com a possibilidade de transformação positiva deste setor que tem grande capacidade de impacto na sociedade.

 

Please reload

Please reload