• Nômade

Team Building, desenvolvedor da inteligência intra e interpessoal

Atualizado: há 4 dias



O Team Building (formação de equipe) é um processo de aprendizagem que compreende as individualidades e identifica complementaridades coletivas, potencializando os resultados de um time e impactando todos que fazem parte dele.


Com a pandemia da Covid-19, muitos dos nossos rituais naturais de integração e socialização com os colegas de trabalho desapareceram. O cafezinho, o almoço em grupo, as reuniões presenciais, ou o onboarding de um novo colaborador. Tudo isso migrou para contextos remotos ou híbridos. Com menos incidência de coisas em comum, em contextos diferentes, outras cidades, outros climas, nossos elementos favoráveis às small talks foram diminuindo e os encontros virtuais se tornaram, cada vez mais, diretos ao ponto, sem espaços para conhecer mais do universo do outro e fazer as trocas comuns que geram mais conexão.


Dessa forma, o trabalho é realizado sem contato físico, mesmo no presencial, porque é preciso seguir os protocolos de segurança, nos proteger e, "esconder" as expressões faciais pelas necessárias máscaras. Por outro lado, quem trabalha em home office é mais influenciado pelas suas rotinas pessoais e tem menos tempo para conversar sobre amenidades.


O desafio de integrar e mapear uma equipe nunca foi simples e, agora, é ainda mais complexo e necessário. Mesmo que as atividades sejam realizadas por uma plataforma online, a mediação profissional e o uso de ferramentas adequadas pode resgatar a humanização, alinhar a comunicação, desenvolver a auto-aprendizagem, integrar o time e engajar todos para os objetivos comuns do negócio.



_ Roda de conversa realizada de forma online com a equipe de Pessoas & Cultura ENGIE Brasil


Team Building não é sempre igual


A filosofia da Nômade sempre foi trazer o time para a tarefa. Nunca fomos adeptos a criar somente uma atividade lúdica sobre determinado estímulo. Não é apenas um momento de diversão (Ex. uma viagem para a prática de rafting). Nossa perspectiva é pensar sobre as atividades, sobre a demanda, dentro do trabalho, não perdendo o contexto, pois não é apenas sobre desafios de superação.


"Sistemas colaborativos de autogestão precisam investir no incremento da capacidade individual, estimulando que as pessoas busquem maior sabedoria de si mesmas e dos outros."
- Richard Sennett

A integração cria mais vínculos, mas entendemos que, por meio do nosso serviço de People Dataviz (solução de assessment inteligente e ágil), é possível oferecer informações de alta relevância sobre um conjunto de características comportamentais, perfis de aprendizagem, complexidade cognitiva, atributos de valor, entre outros enfoques que ajudam as pessoas a conhecerem mais sobre si próprias, gerando melhores condições para o seu autodesenvolvimento e evolução profissional.


Aliado ao olhar individual, podemos propor ações pontuais ou trilhas de trabalho para que os colaboradores reconheçam suas diferenças enquanto equipe, melhorem a sua distribuição de tarefas, qualifiquem sua comunicação e confiança, obtendo, assim, mais produtividade e bem-estar nas relações.


Conversamos com Laura Oliveira, integrante da rede Nômade, especialista StandOut Debrief Coach, sobre o assunto e ela comenta que o mapa pessoal é um estímulo para a curiosidade e interesse de olhar para suas próprias características, sem a intenção de enquadrar a pessoa em determinado perfil, mas fazendo com que ela pense sobre as possibilidades de quem ela pode ser. A Laura explica que:


"Uma das ferramentas de assessment que utilizamos é o StandOut , de Marcus Buckingham, que aponta as principais forças, sem colocar em caixinhas. É um teste cronometrado, que usa o gatilho, não mensura a sua crença por si mesmo, mas sim o seu impacto na vida de outras pessoas por meio de situações hipotéticas que dizem mais sobre você".

_ Mapas pessoais desenvolvidos para o programa de Liderança: Nike Next Gen

Em um processo de aproximadamente um mês, não acontecendo em só um evento, mas, ainda assim, rápido e com consistência, podemos criar um projeto de team building que deixe um legado à empresa, ao time e aos indivíduos que participarem.



Team Building: construção de valor para a empresa

A pandemia expôs muito a dissonância entre discurso e prática para colaboradores e consumidores. Os modelos de gestão comando/controle não funcionam no mundo atual, e o sucesso não pode mais ser estritamente vinculado à performance.


Para além da remuneração financeira, as pessoas buscam sentido no trabalho, identificação de valores e harmonia com seus colegas, com quem passam a maior parte do tempo de seus dias. Dessa forma, o team building gera valor tanto em um time vertical (gestor e sua equipe) como em um time horizontal (todos os analistas/ coordenadores). As pessoas que interagem precisam criar um tipo de sinergia para amenizar tensões e conflitos, qualificar interações, desenvolver mais afinidades, criar maior fluidez e capacidade de construção conjunta, e ampliar a capacidade de empatia. É nessa possibilidade de aprendizado individual e coletivo que as transformações mais aprofundadas acontecem e fazem real diferença na rotina dos times.


Quer saber ainda mais sobre Team Building?

Dá o play nesses vídeos curtinhos que nossos sócios Aron e Daniel prepararam:





Conheça alguns cases da Nômade de Team Building:

Leadership Journey: Nike Next Generation of Leaders

Nike SELF+TEAM AWARENESS